Animais de serviço

Os animais de serviço que acompanham as pessoas deficientes são aceites na cabine do avião sem custo adicional. A Copa Airlines somente aceita a bordo cachorros guias e macacos treinados e certificados para ajudar o passageiro. Todo guia, quer cachorro ou macaco, tem de ter suas licenças correspondentes (como licença de entrada ao país de destino e certificado de vacinação). Nos voos internacionais, os passageiros devem apresentar o certificado de saúde do animal, emitido por uma autoridade competente e todos os documentos necessários para sua entrada no país de destino.

Para voos domésticos dentro da Colômbia, só é necessário apresentar o certificado de vacinação vigente do animal. Além disso, deve ter as licenças correspondentes para sua chegada à cidade de destino. Essas licenças devem estar obrigatoriamente identificadas por um distintivo de autoridade oficial e recomenda-se a viagem com focinheira.

Para cumprir as normas de segurança, esses animais de assistência devem ficar sentados aos pés dos passageiros sem ultrapassar para os corredores. No caso dos macacos, eles devem ser suficientemente pequenos para se sentar nas pernas do passageiro. Está proibida a designação de vagas próximas à saída de emergência para este tipo de passageiros.

view.atdmt.com/action/nmgcop_CopaNewHomepage_1