Condições médicas especiais


Passageiros sob cuidados médicos

Recomendamos considerar as seguintes observações para passageiros doentes ou feridos, estejam eles aptos a satisfazer suas próprias necessidades ou auxiliados por um acompanhante durante a viagem:

  • Para viajar, o passageiro deverá contar com um atestado médico, o qual deve ser uma declaração por escrito emitida pelo médico do passageiro, indicando que o mesmo pode realizar sua viagem sem precisar de assistência médica durante o voo. O atestado deve ser emitido com no máximo 10 dias de antecedência para voos internacionais e 12 horas para voos domésticos e internacionais provenientes da Colômbia de acordo com o que foi estabelecido na unidade de Aeronáutica Civil da Colômbia caso o estado de saúde do passageiro o exija.
  • Caso o passageiro viaje sofrendo de uma doença contagiosa, o atestado deverá indicar que a doença não poderá ser transmitida aos demais passageiros durante o voo. Além disso, o doente deve viajar com uma lista de todas as condições especiais necessárias para evitar tal contágio.

Para o transporte de grupos, recomenda-se um acompanhante para cada 10 incapacitados.

Podem viajar:

Condição médica

Tempo de espera antes da viagem

Levar em consideração

Anemia

 

Com um quadro agudo não podem voar, somente com um autorização médica de saúde.

Artroscopia, histeroscopia e lamparoscopia

72 horas após o procedimento.

 

Asma

 

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Buzos

48 horas dapós a última imersão.

 

Cirurgias abdominais

10 dias após a cirurgia.

Devem ser autorizados pelo médico do aeroporto.

Cirurgia tóracica

21 dias após a cirurgia.

É fundamental o consentimento do cirurgião e da vigilância sanitária aeroportuária.

Cirurgia de cataratas

2 semanas após a cirurgia.

 

Claustrofobia

 

A viagem será autorizada somente se estiverem sendo tratados.

Colonoscopia

24 horas após o procedimento.

 

Canais (odontologia)

72 horas após o tratamento.

 

Convulsões

 

Deve se solicitar autorização médica à vigilância sanitária aeroportuária que nos dê a certeza que não apresentou mais de duas convulsões nas últimas 24 horas.

Derrame pleural*

Deve aguardar 14 dias.

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Deslocamento de retina

3 semanas após a cirurgia.

 

Diabetes

 

Devem ter em conta a dose diária de medicação para os voos longos, ter receita médica à mão e as seringas e insulina devem ir na bagagem de mão.

Edema cerebral

Devem apresentar a autorização médica 24 horas antes do voo que o autorize a viajar em avião e onde esclareça que a pessoa pode transportar-se sentada.

 

Doença pulmonar intersticial

 

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Epilépticos

 

Só se aceitarão acompanhados por equipe médica ou uma pessoa conhecedora da doença; atestado de saúde prévio.

Fraturas

48 horas após colocar o gesso.

 

Gluteoplastia

14 dias após a cirurgia.

 

Hipertensão pulmonar primária

 

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Infarto

Sem complicações durante 3 semanas depois pode realizar a viagem.

Com complicações durante 6 semanas depois pode realizar a sua viagem.

 

Infecções respiratórias

 

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Lipossucção / mamoplastia

10 dias após a cirurgia.

 

Pneumotórax

2 semanas depois de tratado.

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Oxigênio - dependentes

 

Devem viajar com suprimento de oxigênio durante o voo.*

Traqueotomía o canula de oxigenación

 

Deverão viajar acompanhados pelo equipe de saúde ou de uma pessoa conhecedora da doença, previamente avaliada por médico de saúde.

Transplante de córnea

4 semanas após da cirurgia.

 

Trauma craneoencefálicos

No mínimo depois de 7 dias do incidente.

 

Varizes

10 dias após da cirurgia.

 

 

* Lembre-se que a Copa Airlines não oferece o serviço de oxigênio médico. Para obter mais informações, acesse oxígeno médico a bordo.

A Copa Airlines pode recusar o transporte de passageiros que apresentem as condições médicas a seguir:

  • Passageiros com doenças infectocontagiosas que não apresentem atestado médico indicando que a doença não poderá ser transmitida aos demais passageiros durante o voo.
  • Pessoas com estado de saúde próximo à morte ou agonizando.
  • Mulheres grávidas de alto risco
  • Otite média aguda
  • Sinusite aguda
  • Pacientes psiquiátricos sem controle médico
  • Pacientes com fratura de mandíbula onde o paciente não possa abrir a boca

Passageiros que precisem de assentos adicionais

A Copa Airlines oferece a opção de comprar um assento adicional para passageiros que viajam na cabine principal que necessitem maior conforto durante a viagem. Você pode comprar o segundo assento com a mesma tarifa, sempre que comprar os dois passagens ao mesmo tempo (disponível somente em nossos Escritórios de Venda e Central de Reservas). Se você precisa comprar a passagem para o segundo assento no dia da viagem, deve fazê-lo com a tarifa disponível no momento; caso não haja espaço, você deve viajar no próximo voo com vagas disponíveis. Se você não quiser comprar dois assentos na cabine principal, você pode comprar um assento na classe executiva ou pagar o upgrade para a classe executiva, se disponível.

Os passageiros que precisarem utilizar um assento extra para seu maior conforto devem seguir as seguintes normas:

  • Devem pagar 100% da tarifa aplicável para o mesmo (compra do assento extra aplicável ao trecho da viagem na qual você vai usar esse assento).
  • Todos os passageiros devem ser capazes de levantar e abaixar facilmente os apoios para os braços de suas poltronas para garantir um voo confortável e seguro para todas as pessoas a bordo.

Os limites de bagagem despachada são determinados pelo número de lugares comprados. Ao comprar dois assentos, o limite de bagagem despachada é o dobro. No entanto, o limite de bagagem de mão não é duplicado.

Observação: Se o passageiro não cumprir os requisitos para a compra do assento extra ou se suas dimensões, excedem a média do comprimento do cinto de segurança** o passageiro não poderá embarcar por medidas de segurança.

** O comprimento médio do cinto de segurança é de aproximadamente 63,5 cm. Como os assentos variam de acordo com o modelo das nossas aeronaves, é possível que o comprimento do cinto de segurança em um voo seja inferior a 63,5 cm (no mínimo 61 cm).

view.atdmt.com/action/nmgcop_CopaNewHomepage_1