A Copa Airlines instalará inovadoras “Split Scimitar” Winglets para otimizar a eficiência de seus voos

  • A Copa Airlines é uma das primeiras companhias aéreas da América Latina a instalar as inovadoras “Split Scimitar” Winglets a fim de otimizar o consumo de combustível e reduzir as emissões de carbono em seus voos.

Cidade do Panamá, 10 de abril, 2014 – Como parte de seu Plano estratégico de 2014, a Copa Airlines, subsidiária da Copa Holdings, S.A, instalará, a partir do mês de abril, as inovadoras “Split Scimitar” Winglets, que reduzem a resistência aerodinâmica e, consequentemente, permitem um uso mais eficiente do combustível em seus voos, contribuindo dessa forma para a redução das emissões de carbono.

Com este investimento, a Copa Airlines reafirma seu compromisso de continuar utilizando tecnologia de ponta em suas aeronaves, possibilitando reduzir o impacto da resistência aerodinâmica, otimizando e tornando os seus voos mais eficientes.

Ahmad Zamany, Vice President of Technical Operations, said, “We are very proud to have this new technology at Copa Airlines, because we believe in innovation, and in using state-of-the-art technology on our airplanes.” Zamany also noted that “the ‘Split Scimitar’ Winglets, in particular, will strengthen our world-class service, keeping it in line with the latest advances in aviation around the world.”

Diferentemente das Winglets que hoje todas as aeronaves da Copa possuem, as novas “Split Scimitar” Winglets que a companhia aérea irá instalar, como seu nome mesmo diz, possuem a forma do antigo sabre “Cimitarra”, criando a figura de uma moderna “lâmina curva” com superfícies aerodinâmicas, situadas no extremo das asas do avião.

A companhia aérea panamenha espera que com esta otimização de suas aeronaves, tenham uma redução adicional de 1,70% no consumo de combustível, contribuindo dessa forma para a redução das emissões de carbono.

O Vice-presidente de Operações Técnicas da Companhia Aérea também ressaltou que, em 2014, as “Split Scimitar” Winglets serão instaladas, ao todo, em 18 aviões Boeing 737-800 Next-Generation e estima-se que para 2018 aproximadamente 55 aeronaves estejam equipadas com esta nova tecnologia.

view.atdmt.com/action/nmgcop_CopaNewHomepage_1